Denise Polizelli assume Delegacia de Colômbia

O déficit de policiais civis na região afeta as delegacias das pequenas cidades

Por Portal NC 07/08/2019 - 15:11 hs
Foto: O Diário de Barretos
Denise Polizelli assume Delegacia de Colômbia
Denise Polizelli assume Delegacia de Colômbia

A delegacia da cidade de Colômbia, que estava tendo como responsável pelo expediente Marcos Eduardo Marques, passará agora a ter uma delegada, que antes respondia por Colina.

Em 31 de julho foi o último dia de trabalho de Denise Polizelli à frente daquela delegacia, onde seu lugar foi assumido pelo delegado que atuava em Colômbia.

Ambas as cidades estão sem delegado titular, tendo apenas os citados como responsáveis pelo expediente.  

A troca foi decidida pela Seccional em Barretos. “Estava muito atribulada pelo desempenho das funções na Delegacia de Defesa da Mulher em Barretos e conciliando com as atividades em Colina, que é uma unidade com cadeia. A troca por Colômbia foi feita por ser uma delegacia menor e sem cadeia anexa”, explicou a delegada.

Não se sabe por quanto tempo a delegada ficará responsável pela unidade da Polícia Civil da cidade.

DELEGACIAS 

O déficit de policiais civis na região afeta as delegacias das pequenas cidades. Colômbia, há anos não tem um delegado titular e segue funcionando com apenas um investigador de polícia. 

A questão da falta de policiais civis não acontece só na região, pois a Polícia Civil de todo o estado de São Paulo está vivendo uma grande crise em situação de desmonte, com falta de funcionários e estrutura. 

Os investimentos estão ficando concentrados nas cidades maiores. Em Barretos, até o telefone da Delegacia Seccional não é atendido mais, dependendo do horário.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.