Homem é multado em R$ 80 mil por maus-tratos contra aves em cativeiro

Gaiolas com pássaros foram apreendidas

Por Portal NC 08/09/2019 - 00:15 hs
Foto: Reprodução
Homem é multado em R$ 80 mil por maus-tratos contra aves em cativeiro
Homem é multado em R$ 80 mil por maus-tratos contra aves em cativeiro

A equipe da Polícia Militar Ambiental de Barretos, através do sargento Casagrande e soldado Thiago, durante uma fiscalização na casa de um criador de aves silvestres, cadastrado pelo IBAMA, no Distrito de Laranjeiras em Colômbia encontrou 23 aves em situação irregular na quinta-feira (5).

Os policiais constataram os pássaros em situação de maus tratos com acúmulo de fezes e alimentos em decomposição nas gaiolas. Três aves sem anilhas de identificação e outras 20 com anilhas adulteradas ou falsificadas. O criador foi multado em R$ 80 mil e será indiciado no crime de maus tratos, manter espécime em cativeiro e falsificação de selo público, conforme previsto nos artigos 29 e 32 da Lei 9605/98 (lei de crimes ambientais) e artigo 296 do Código penal. “Essas aves foram todas apreendidas, agora vão aguardar a perícia pelo Instituto de Criminalística, para detectar o tipo de adulteração se essas anilhas também são falsas”, disse o sargento Casagrande.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.