Eleição do conselho tutelar em Colômbia é marcada por longas filas

Confira os eleitos para o Conselho Tutelar de Colômbia

Por Portal NC 06/10/2019 - 22:38 hs
Foto: Marcos Antônio Gonçalves
Eleição do conselho tutelar em Colômbia é marcada por longas filas
Eleição do conselho tutelar em Colômbia é marcada por longas filas

De 5.927 eleitores apenas 1497 colombienses foram às urnas neste domingo, 6, para escolher os cinco novos conselheiros tutelares do município, além dos cinco suplentes. A votação, organizada pelo presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Álvaro Alves da Silva e acompanhada pelo promotor da Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Barretos, Dr. Renato Gonçalves Azevedo, foi marcada por clima de tranquilidade e nenhuma ocorrência de destaque nas seis urnas.

Após o término do pleito, transcorrido das 8h00 às 13h00, a apuração teve início com a presença dos candidatos em uma das sala de aula. 

Longas filas foram registradas. O portão, foi fechado um pouco depois do horário previsto em razão do atraso de vinte minutos para o início das votações. 

Nayra Rodrigues (189 votos), Gustavo Felipe (162), Simoni Castro (142), Roberta Shimomura (120) e Jhennyfer Ferreira (115) foram os cinco nomes mais lembrados pela população no certame e devem assumir as cadeiras do Conselho Tutelar para os próximos quatro anos.

Já Maria Tereza (113), Leticia Masalskiene (111), Angélica Reis (109), Sueli Santos (107) e Ana Tasoi (92) foram eleitas como suplentes e podem assumir em caso de vacância. Cada eleitor votou em apenas um candidato. Votos em branco foram 8 ante 9 nulos.

Os eleitos cumprirão mandato de janeiro de 2020 até janeiro de 2024.

A eleição, que contou com 15 candidatos, aconteceu na Escola Municipal “Bruno Antonio Prado”. O voto foi facultativo para o cidadão. 

O Conselho Tutelar 

Segundo o art. 131 do Estatuto da Criança e do Adolescente, o Conselho Tutelar é órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. É um órgão colegiado, autônomo, pertencente à administração pública municipal e sem função jurisdicional.

CONFIRA O RESULTADO OFICIAL (CLICANDO AQUI).








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.