Furnas inicia demarcação das áreas de APP

Vários municípios terão as suas áreas mapeadas e delimitadas como áreas de preservação

Por Portal NC 17/02/2020 - 10:01 hs
Foto: Portal NC
Furnas inicia demarcação das áreas de APP
Furnas inicia demarcação das áreas de APP

A Associação dos Pescadores Amadores de Barretos foi procurada por proprietários de ranchos às margens do Rio Pardo, que demonstraram preocupação com a demarcação de áreas de Furnas Centrais Elétricas. Segundo o dirigente Wilson Aparecido de Souza, muitos proprietários de ranchos já procuraram a associação em busca de informações.

A bióloga Maria Inácia Macedo Freitas, que é superintendente do Meio Ambiente em Colômbia, explicou que, atendendo a uma Ação Civil Pública que foi iniciada pelo Ministério Público Federal, a unidade de Furnas Centrais Elétricas está tendo que executar a demarcação de toda a Área de Preservação Permanente-APP desta cota de inundação.

“Todos os locais que forem áreas de preservação permanente, que for área de Furnas, será delimitados, devendo ser cercados e recuperados. Os ranchos que tiver dentro das áreas de APP e não estiver legalizado, serão demolidos”, explicou Maria Inácia.

Segundo ela, a área de cota da Hidrelétrica de Marimbondo, chega até a cidade de Barretos e também estão contemplados neste levantamento os municípios de Guaíra, Icém, Colômbia, Altair, Planura e Frutal. “Todos os municípios que fazem parte do reservatório, terão as suas áreas mapeadas e delimitadas como áreas de preservação”, explicou.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.