Criança morre no Hospital de Amor com suspeita de coronavírus

O hospital esclareceu que todas as providências foram tomadas no sentido de higienizar o local

Por Portal NC 02/04/2020 - 23:49 hs
Foto: Hospital de Amor
Criança morre no Hospital de Amor com suspeita de coronavírus
Criança morre no Hospital de Amor com suspeita de coronavírus

O Hospital de Amor de Barretos informou que uma criança de 10 anos, que estava em tratamento oncológico e apresentava sintomas de síndrome gripal, morreu no início da noite de terça-feira, 31. De acordo com as recomendações atuais da Secretaria Estadual de Saúde, o caso foi classificado como suspeito de Covid-19 e notificado à Vigilância Epidemiológica. Foi coletado exame diagnóstico pelo novo coronavírus e para dengue. Os resultados deverão sair em até um mês.

A criança chegou ao hospital em Barretos cerca de uma hora antes de falecer e não estava internada. Ela estava em tratamento de craniofaringioma (tumor benigno da hipófise que causa alterações endócrinas) em regime ambulatorial. Há duas semanas, a criança começou a apresentar em casa quadro de resfriado, com tosse e coriza. No sábado (28), começou a ter febre e dores musculares. Na manhã desta terça-feira, a criança piorou e foi levada ao hospital da cidade de origem no interior de Minas Gerais. Diante da gravidade, o caso foi encaminhado ao Hospital de Amor Infantojuvenil. No final da tarde desta terça-feira, a criança chegou ao hospital com insuficiência respiratória grave, que evoluiu em parada cardiorrespiratória, e não respondeu às manobras de ressuscitação.

O hospital esclareceu ainda que todas as providências foram tomadas no sentido de higienizar o local, de acordo com os protocolos das autoridades de saúde, para evitar uma eventual disseminação do possível vírus e garantir a segurança de todos os seus colaboradores, pacientes e acompanhantes.









Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.