Polícia Ambiental apreende quase duas toneladas de peixes em Colômbia

Infratores foram autuados em mais de R$ 39 mil

Por Edilson Luiz/Portal NC 12/05/2020 - 13:39 hs
Foto: PMA
Polícia Ambiental apreende quase duas toneladas de peixes em Colômbia
Polícia Ambiental apreende quase duas toneladas de peixes em Colômbia

A Polícia Militar Ambiental de Barretos deteve dois infratores e apreendeu 1.817 quilos de peixes que estavam sendo comercializados ilegalmente em Colômbia, na manhã da segunda-feira, 11. Os policiais foram checar uma denúncia de que um pescador estaria armazenando peixes ilegalmente para posterior comercialização em um container às margens do Rio Grande, no local conhecido como Porto Bambu.

Logo na chegada, a PM abordou dois homens, sendo que um era pescador e o outro, o comprador. Os policiais identificaram que o pescador era responsável pelo contêiner e, além disso, o comprador estava com um caminhão tipo baú, com placas da cidade de São Paulo, que estava carregado com 1.517,40 quilos de curimba, 200 quilos de traíra e 100 quilos de mandi. Segundo consta na ocorrência, 42 quilos desses peixes estavam com tamanho inferior ao permitido para captura. “Esse motorista veio de São Paulo e iria levar esses peixes para vender no Ceasa, mas ele não apresentou nenhum documento comprovando a origem e, por não ser pescador profissional, não poderia estar com essa quantidade de peixes no caminhão”, ressaltou o sargento Casagrande da PMA.  

O motorista do caminhão alegou que comprou os peixes de dois pescadores profissionais, porém, não apresentou nenhum documento comprobatório. O pescador por sua vez, não apresentou a carteira de pesca profissional, somente o xerox de seu RGP-Registro Geral de Pesca vencido desde 2009. Ele não entregou aos policiais nenhum protocolo de renovação, estando assim sem autorização para realizar as atividades de pesca profissional e respectivo comércio.

“O pescador que estava comercializando os peixes, possui diversas passagens pela Polícia Ambiental, sendo que também recebeu uma advertência por ter colocado o container em área de proteção ambiental, que configura crime previsto no artigo 48 da Lei 9605/98, com pena de detenção de 6 meses a 1 ano.”, disse o sargento.

Diante da situação, todos os peixes e o caminhão foram apreendidos. Os peixes foram doados ao Hospital do Amor de Barretos.  Foi lavrada multa no valor de R$ 39.244,30. Os dois infratores responderão a processo pelo crime previsto no artigo 34 da Lei 9.605/98 com pena de detenção de um a três anos.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.