ONS aponta nível do reservatório da Hidrelétrica de Marimbondo como o mais baixo no sistema de Furnas

O índice apontava 17,46% de volume útil atual

Por Portal NC 21/09/2020 - 21:33 hs

ONS aponta nível do reservatório da Hidrelétrica de Marimbondo como o mais baixo no sistema de Furnas
ONS aponta nível do reservatório da Hidrelétrica de Marimbondo como o mais baixo de Furnas

Dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico divulgados no domingo, 20, apontam que o nível do reservatório da Hidrelétrica de Marimbondo é um dos mais baixos registrados no sistema de Furnas Centrais Elétricas.

De acordo com os dados, o índice apontava 17,46% de volume útil no final do reservatório.

 “Esse nível de água é regulado, porque o Rio Grande tem onze hidrelétricas e o de Marimbondo é o último, que está com o nível mais baixo. No sábado, caiu um metro de profundidade”, afirmou a bióloga Maria Inácia Macedo Freitas, que coordena a Defesa Civil de Colômbia.

A usina de Furnas está com 41,35% de volume útil, segundo o sistema de monitoramento.

“Devido à declividade do Rio Grande, não precisa muita água para gerar energia. E como a seca chegou mais cedo, o nível abaixou 1,5 metros de sexta para sábado”, afirmou.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.