Raízen confirma compra de usinas da Biosev

Transação envolverá pagamento de 3,6 bilhões e ações

Por Portal NC 09/02/2021 - 16:18 hs

Raízen confirma compra de usinas da Biosev
Raízen confirma compra de usinas da Biosev

A Raízen assinou, na segunda-feira, 8, um acordo para comprar a Biosev, em uma transação que envolverá pagamento de 3,6 bilhões de reais e ações. Com a integração, a Raízen, passará a contar com um total de 35 unidades produtoras, totalizando uma capacidade instalada de moagem de 105 milhões de toneladas de cana e cerca de 1,3 milhão de hectares de cultivo, o equivalente a 15% da área plantada brasileira.

Segundo a Raízen, o negócio envolve nove unidades da Biosev, com capacidade total de moagem de 32 milhões de toneladas de cana, com seis unidades localizadas em São Paulo, duas em Mato Grosso do Sul e uma em Minas Gerais, que virão sem qualquer dívida, além de 280 mil hectares de cana.

O valor pago pelas unidades será utilizado para refinanciar parte da dívida da Biosev, que totalizava R$ 7,7 bilhões no fim do último trimestre.









Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.