Nível do Rio Grande afeta renda de pescadores

O município de Colômbia faz parte do Reservatório de Marimbondo

Por Portal NC 17/06/2021 - 22:36 hs
Foto: Maria Inácia
Nível do Rio Grande afeta renda de pescadores
Nível do Rio Grande afeta renda de pescadores

O baixo volume das águas do Rio Grande está afetando os pescadores ribeirinhos que sobrevivem exclusivamente da pesca profissional na região de Colômbia e em outros municípios banhados pelas águas da Usina Hidrelétrica de Marimbondo. O município de Colômbia faz parte do Reservatório de Marimbondo, que se encontra com a situação mais crítica, em razão da falta de chuva.

Segundo a bióloga Maria Inácia Macedo Freitas, com a mudança do ecossistema da região e com o baixo nível de água no reservatório, os pescadores estão tendo que realizar a pesca com outros equipamentos e andar longas distâncias em busca do pescado.

“Em anos anteriores, os pescadores conseguiam se manter neste período de seca, já que havia reserva de água. Com a pandemia diminuiu o consumo, pelo fato dos estabelecimentos estarem fechados e, somado a isso, a pesca se tornou mais difícil, pois muda de acordo com as condições do nível da água”, explicou Maria Inácia.

Segundo a bióloga, diante dessa realidade, muitos pescadores estão passando por grandes dificuldades e buscando apoio da Prefeitura de Colômbia através do Fundo Social de Solidariedade.

De acordo com ela, as últimas chuvas deste mês de junho não foram suficientes para elevar o nível do Rio Grande, que sofre a baixa do nível há aproximadamente seis anos. “O turismo, que já estava sendo afetado por causa da pandemia, se encontra ainda mais prejudicado. A renda dos pescadores é mínima”, relatou a bióloga.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.