Frutal poderá ser sede de projeto sueco de sustentabilidade

A intenção é implantar esse método no Brasil

Por Portal NC 13/09/2019 - 09:04 hs

Frutal poderá ser sede de projeto sueco de sustentabilidade
Frutal poderá ser sede de projeto sueco de sustentabilidade

O vereador Bruno Augusto esteve na quinta-feira, 12, na embaixada da Suécia em Brasília, acompanhando o deputado federal Zé Vitor. Eles se reuniram com a embaixadora Johanna Brismar Skoog e a diplomata Lisa Qvarfordt. O objetivo do encontro foi conhecer mais sobre o método utilizado pela Suécia no descarte e reaproveitamento do lixo, que tem destaque mundial.

A intenção é implantar esse método no Brasil, sendo que, caso se concretize, Frutal poderá sediar um dos projetos-piloto. O sistema de reciclagem da Suécia funciona tão bem que, por anos, o país teve de comprar lixo de seus vizinhos para manter suas plantas funcionando. Um exemplo dessa eficiência é o dado de que, desde 2011, menos de 1% do lixo doméstico produzido pelos suecos foi para aterros. Outros exemplos de sustentabilidade da Suécia foram a criação de pesados impostos sobre os combustíveis fósseis, criados em 1991 e a priorização de uso de fontes renováveis, que já fornecem metade da energia consumida pelo país. Para o vereador Bruno, essa é uma semente que foi plantada, mas que, no futuro, poderá colocar Frutal em destaque nacional.

"Louvável essa iniciativa do deputado Zé Vitor. Estamos bastante otimistas. Pra mim é um orgulho poder estar presente neste momento e saber que nossa cidade poderá sediar algo de grande representatividade", disse Bruno.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.