Servente de 23 anos é detido após ameaçar a própria mãe

O jovem estava sob efeito de entorpecentes

Por Portal NC 06/01/2020 - 13:54 hs

A Polícia Militar deteve um delinquente, de 23 anos, por ameaçar a própria mãe, de 41 anos, na tarde do dia 31 de dezembro, em Colômbia-SP. Segundo informações da PM, a vítima disse que seu filho estava muito alterado, fazendo várias ameaças, inclusive que iria atear fogo na mesma. O jovem, que aparentava estar totalmente alterado, sob o efeito de entorpecentes, não conseguia nem se manter de pé.

Os polícias cabos Carvalho e Isaias, conduziram o autor para o Plantão Policial de Barretos e, ao estacionarem a viatura na porta da delegacia, perceberam que o servente havia vomitado dentro do "chiqueirinho" da viatura.

O SAMU foi acionado e levou o mesmo para o UPA local. A vítima informou ser mãe do autor e relatou que constantemente é vítima do filho, com agressões e ameaças, principalmente quando ele está sob o efeito de álcool e drogas.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.