Banner Destaque (1)

Câmara passa a ter tr√™s vereadoras mulheres após duas novas mulheres assumirem cadeira na casa

Kelli Cristina de Souza Zazenon e Tatiana Togo Camilo, tamb√©m passaram a fazer parte da legislatura após a cassação de mais 4 vereadores.

Por Portal Notícias Colômbia SP em 29/03/2024 às 14:29:50 - Atualizado h√°

A Câmara Municipal de Colômbia agora possui uma maior representação feminina. Em 2020, a reportagem do Portal Not√≠cias Colômbia SP elaborou uma matéria jornal√≠stica noticiando que os eleitores de Colômbia não haviam elegido nenhuma vereadora mulher para o legislativo.

Após a cassação de vereadores, em razão da candidatura fict√≠cia de mulheres em partidos pol√≠ticos da cidade, a câmara, que até então não tinha nenhuma representante mulher, passou a ter tr√™s parlamentares.

Rosana Aparecida de Paula Dorigon (Podemos) também passou pela Câmara Municipal e foi a primeira vereadora mulher a assumir quando os dois primeiros vereadores foram cassados. Rosana assumiu como vereadora no dia 26 de setembro de 2022 e perdeu o cargo pouco tempo depois, j√° no m√™s seguinte, quando o partido ao qual pertence também foi julgado.

A segunda vereadora a assumir e que permaneceu foi Nayra Bianca Rodrigues Pereira (Solidariedade), que assumiu seu mandato em 11 de novembro de 2022.

Faltando ainda 8 meses para finalizar a legislatura, outras duas mulheres, Kelli Cristina de Souza Zazenon (PSD) e Tatiana Togo Camilo (Solidariedade), também passaram a fazer parte da legislatura após a cassação de mais 4 vereadores, por decisão do TSE.

As duas √ļltimas vereadoras que assumiram participaram de uma primeira reunião extraordin√°ria que foi realizada na √ļltima segunda-feira e deverão, pela primeira vez, participar de uma reunião ordin√°ria j√° na próxima segunda-feira, dia primeiro de abril, e participar de suas primeiras discussões referentes às proposituras apresentadas e apresentar requerimentos, indicações e projetos de leis.

Comunicar erro
OdontoCompany (Destaque)

Coment√°rios