Policiais militares salvam bebê em Colômbia

Pais levaram bebê a uma base da Polícia Militar para salvar a criança

Por Portal NC 15/05/2019 - 23:15 hs

Policiais militares salvam bebê em Colômbia
Policiais militares salvam bebê em Colômbia

Dois policiais militares de Colômbia protagonizaram, na noite do dia 10 de maio, uma cena dramática até conseguir o salvamento de uma bebê de apenas treze dias de vida, que foi vítima de engasgamento. Os cabos Carvalho e Isaias deram início ao socorro, tirando a secreção da criança e, após o choro, ela foi levada rapidamente para o Hospital Municipal, com o apoio dos agentes.

Segundo os policiais, o casal chegou à sede da PM por volta das 22h50, pedindo socorro e com a filha no colo. A criança já estava com sinais de engasgamento em estado cianótico, ou seja com a cor da pele arroxeada pela falta de respiração.

Os dois PM´s rapidamente deram início aos procedimentos, diante do desespero dos pais. “Estava do lado de fora da base, quando avistei um veículo descendo em alta velocidade e o pai da criança, que estava dirigindo em desespero, gritou dizendo que a filha estava engasgada. Eu peguei a menina nos braços da mãe e entreguei na mão do cabo Isaias, o qual segurou ela na palma da mão, enquanto eu tirava, agachado, a secreção do nariz e da boca. Foi quando ela começou a chorar. Eu entreguei para a mãe e, no seu próprio veículo, ela levou a recém-nascida para o plantão do Hospital Municipal e fomos na escolta”, relatou Carvalho.

Os policiais, logo após o ocorrido, fizeram uma visita à casa da pequena Ana Liz e foram muito bem  recebidos por parte da mãe Ana Cássia e do pai Vlamir Prado. De acordo com os policiais, o bebê está bem e não corre mais riscos.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.