Colômbia tem aumento de focos de incêndio neste ano

Neste ano foram registrados 229 focos

Por Portal NC 01/10/2020 - 20:44 hs
Foto: Portal NC
Colômbia tem aumento de focos de incêndio neste ano
Colômbia tem aumento de focos de incêndio neste ano

Um levantamento realizado pela Defesa Civil de Colômbia apresentou dados alarmantes sobre o registro de queimadas neste ano de 2020 em relação aos anos anteriores. A comparação foi feita com base em dados do INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. 

Segundo a bióloga Maria Inácia Macedo Freitas, que coordena a Defesa Civil, um comparativo do mês de agosto deste ano de 2020 com os últimos seis anos, mostram que, neste ano, foram registrados 229 focos contra 33 no ano passado e 12 em 2018.

“Foi um aumento descomunal dos focos de calor do ano de 2020 para todos os anos anteriores. E foram incêndios que ocorreram em áreas ociosas do Governo Federal, chamadas de áreas de conflito”, afirmou Maria Inácia.









Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.