Prefeitura de Colômbia lança novo decreto com medidas rígidas da fase vermelha

Prefeitura de Colômbia intensifica fiscalização após medidas mais rígidas determinadas pelo Governo do Estado

Por Portal NC 26/02/2021 - 20:57 hs
Foto: Portal NC
Prefeitura de Colômbia lança novo decreto com medidas rígidas da fase vermelha
Prefeitura de Colômbia lança novo decreto com medidas rígidas da fase vermelha

Após a região administrativa da qual Colômbia faz parte ser rebaixada para a Fase Um, de cor vermelha e de maior restrição, a Prefeitura de Colômbia, seguindo determinações do Governo do Estado, intensificou a fiscalização no município, prevenindo festas clandestinas, reuniões familiares ou qualquer ação que promova aglomeração.

De acordo com as determinações publicadas em decreto municipal, bares, restaurantes, lanchonetes e sorveterias, poderão funcionar de domingo a domingo, entre as 6h00 às 20h00, tendo ocupação máxima de 40% da capacidade, tendo apenas seis pessoas por mesa e distância de dois metros entre as mesas. Após as 20h00, poderão continuar funcionando no sistema delivery até as 23h00, sem comercialização de bebidas alcoólicas.

O novo decreto proíbe aglomerações em ruas e avenidas e também proíbe nos estabelecimentos a fila de espera e filas em caixa para pagamento. Segundo a prefeitura, a fiscalização poderá acionar a Polícia Militar para dissipar ou orientar os munícipes que insistirem em se manter aglomerados. 

Durante uma transmissão ao vivo, o prefeito Júlio Cesar dos Santos, destacou que ranchos serão proibidos de serem alugados. Os lava-jato, salões de beleza, manicures e barbearias funcionarão com horário agendado e com atendimento individual. O decreto fala ainda que reuniões religiosas em igrejas devem ter suas atividades limitadas a 40% da capacidade total, com horário máximo de término até ás 20h00. 

O prefeito interditou o acesso à Orla Municipal e o descumprimento do decreto poderá sujeitar a multa no valor de R$1.000,00 a R$5.000,00 ou fechamento do estabelecimento.

“Nós todos almejamos o fim da pandemia e a volta de nossa rotina normal. Mas ainda não é o momento. E por essa razão, devemos nos resguardar em nome do amor que temos pela nossa vida e da vida daquele que amamos, Colômbia é uma cidade interiorana, acolhedora e de muita fé. E através da fé do povo colombiense, vamos sair dessa”, ressaltou o prefeito. 

A partir deste dia 26 de fevereiro até dia 16 de março, será proibida a circulação de pessoas em todas as cidades do estado de São Paulo, das 23h00 até as 5h00. A medida anunciada na quarta-feira, 24, pelo Governo do Estado, também deverá ser seguida no município de Colômbia.

 “É bom esclarecer bem. Trabalhadores que precisam transitar neste horário estão liberados totalmente a cumprirem seus horários de serviço, dentro das 23h00 às 5h00 da manhã. Também em caso de urgência ou emergência, a população também poderá transitar normalmente, como se dirigir até um hospital, caso aconteça algo extremo. As medidas são bem claras, que é somente para evitar festas clandestinas, reuniões familiares e outras ocasiões fora do contexto necessário para argumentar o trânsito no horário proibido”, esclareceu Júlio Cesar dos Santos.








Deixe seu Comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal Notícias Colômbia ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do Portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.